Sobre o engano

COLOSSSENSES - Capítulos 2 e 3 

O texto do Espírito Santo, através de Paulo, para os irmãos da igreja de Colossos, e consequentemente para todos nós servos de Jesus Cristo, é muito claro, límpido e decisivo. Dispensa comentários!

Entretanto, sinto-me incomodado pelo Senhor, a insistir com os irmãos para que coloquem sua mente, submissa à sabedoria de Deus, para raciocinar a respeito das coisas que ocorrem por aí na igreja de Cristo.

São tantas aberrações, ensinos de homens, doutrinas de homens, incentivos aos amuletos, à idolatria, a confiar em tudo, menos em Deus, que parece estar tudo desmoronando. Poucos estão vendo isto, mas se quiser ver, peça ao Senhor Jesus e ele vai lhe mostrar a confusão que está ao nosso redor, povo de Deus.

São as pregações que complicam a palavra de Deus, desqualificam a obra da cruz e seu poder remidor, perdoador e libertador. É a pregação do "VENHA A NÓS", onde Deus dá tudo e sem necessidade de compromisso com Ele. Ensinam, apesar de ser verdade, que Deus é amor, ele te ama, quer te abençoar, te dar família, bens, te curar, etc...etc. Mas não querem pregar contra o pecado! Não ensinam que as bençãos de Deus são um simples detalhe do relacionamento com Ele.

Não ensinam que o mais importante é:

1- buscar a Deus em primeiro lugar e amá-Lo acima de todas as coisas com toda sua força e entendimento;
2- amar seu próximo com a ti mesmo;
3- abandonar, abominar e fugir do pecado, das transgressões e da iniquidade;
4- abandonar o mundo, todas as coisas que nele há e todas suas propostas enganosas;
5- abandonar o velho homem, suas obras da carne, todas suas concupiscências e paixões;
6- santificar-se e ter temor de Deus;
7- ter relacionamento íntimo com Deus;
8- buscar sabedoria, fruto do Espírito Santo e os melhores dons do Senhor;
9- estudar, alimenta-se e cescer na Palavra de Deus;
10- rejeitar ao diabo, suas obras e propostas.

São atitudes simples como essas, como simples é a palavra de Deus, que levariam os filhos de Deus à real libertação, crescimento espiritual, cura interior e provisão de todas suas necessidades em todos aspectos.

Mas os líderes da igreja na atualidade preferiram o caminho errado. Ficam pregando fábulas humanas, doutrinas de homens, doutrinas do engano, e com isso levando milhares cativos nas suas mentiras. A igreja vai inchando e não crescendo. Vai ganhando adeptos e não as almas de pessoas convertidas de fato ao Senhor Jesus. São vidas vazias da presença de Deus e cheias de estratégias humanas. São vidas edificadas em solo arenoso, debaixo de sol quente, com raízes rasas e tronco fraco. Qualquer vento de sofrimento, qualquer adversidade, qualquer teste, qualquer prova, qualquer coisa, derruba fracos cristãos, e assim, eles abandonam a fé.

Porque? Por que não estão ensinando a sã doutrina dos apóstolos bíblicos a pura palavra de Deus. As pregações falam mais do que pensa o enganoso coração dos líderes, do que realmente é a verdade de Deus. São milhares de milhares de livros evangélicos, cada um ensinando uma coisa e uma doutrina diferente. E o povo segue errante pelo mundo até cair no abismo.

São milhares de milhares de músicas evangélicas, todas falando do eu, do eu quero, do eu preciso, do vou receber de Deus, do Deus me dá, mas poucas falando contra o pecado, incentivando a santidade, a intimidade com Deus e alegria da disciplina do Pai amoroso que corrige seus filhos. Ninguém quer ser disciplinado e corrigido por Deus, mas só quer receber, receber e receber! Mas a culpa é dos líderes da igreja que estão ensinando exatamente isto, pouca dependência de Deus, pouco relacionamento, pouca santificação, pouca alimentação na palavra, nenhuma preocupação com o pecado e pouca disciplina.

Mas esses líderes de coração embrutecido e cerviz dura terão que ajustar suas contas com o Rei da Glória no dia do Senhor. Enganam o povo de Deus para regalar-se na sua fama, na luz dos palcos que substituiram o altar de Deus e no poder que recebem do engradecimento de seu próprio nome. Contam fábulas, pregam doutrinas humanas e idolatrias escandalosas, para aglutinar cada vez mais seguidores e recolher cada vez mais dinheiro, este destinado a sustentar sua boa vida na riqueza e nos seus programas televisivos ou radiofônicos, onde sua face desavergonhada é exibida e sua voz arrogante é propagada.

Recolhem rios de dinheiro para sustentar sua ganância pela fama, mas sempre argumentando que é tudo pela obra de Deus, para evangelizar os homens e para pregar a palavra. Pura mentira! Que digam seus carrões importados, aviões, helicópteros, mansões, contas vancárias recheadas, fazendas, etc. No livro de Atos (Cap.2:44 e 45) vemos o exemplo onde os cristãos tinham tudo em comum e vendiam as propriedades e bens para sanar a necessidade daquele irmão que a tinha.

Hoje vemos os líderes enriquecendo cada vez mais e se transformando em grandes astros do evangelho. É mais fácil se aproximar de um ator ou cantor famoso da mídia mundana, do que nos aproximar de um cantor evangélico de ponta ou de um pastor(a) conceituado. Tente chegar perto deles! Não dão atenção, não te recebem, fazem cara de nojo, é puro orgulho, soberba e auto-engrandecimento. Tente marcar uma audiência com eles! É mais fácil falar com o presidente da repúblico do que com eles. Ajuda aos irmãos necessitados? NUNCA! Eu conheço igrejas pobres, lideradas por pastores ungidos, mas que estão perdendo o imóvel do templo por não terem dinheiro para pagar o aluguel ou comprar o imóvel. Eu conheço irmão em cristo passando necessidades, mas tentar conseguir ajuda para eles dentro da igreja é caso perdido. Nos jogam para setor de ação social, para ministério tal, para lá e para cá, e nada!

Então tendo nós temor de Deus, que façamos nós mesmos! E deixemos esses sanguessugas, dá-dá (Prov.30:15) se empaturrar do suor, do sangue, do dinheiros e do trabalho dos cristãos. Esse mal não ficará sem castigo, basta lembra de Ananias e Safira (Atos 5: 1 a 11).

O Senhor Deus há de ajustar contas com esses mentirosos. Os profetas e os remanescentes de Deus estão se levantando para retirar a tampa da panela e expor as vergonhas escondidas da igreja e de seus líderes. Esses enganadores do povo de Deus, que ficam por aí voando para lá e para cá, de cidades em cidades, de estados em estados, de países em países, de hoteis em hoteis, recebendo pomposas ofertas do suado dinheiro do povo de Deus, gastando os recursos da casa do tesouro do Senhor, com desculpas de serem grandes pregadores, evangelistas, estrategistas, doutrinadores e ensinadores, eles não vão ficar sem a recompensa do juízo de Deus.

É chegada a hora do juízo começar pela casa de Deus. Preparem-se usurpadores e enganadores do povo de Deus. Vocês receberão seu castigo e seu tratamento. Deus se levanta a favor de seu povo! Ele quer libertar sua igreja para que ela possa cumprir com liberdade o ide de Jesus.

As máscaras vão cair, as falsas doutrinas serão reveladas, as torres falsas serão desmontadas, pois estão clamando aos céus cheias do engano humano e do propósito carnal. As torres serão removidas dos altos e serão substituídas peos altares de Deus. Altares de adoração contínua e clamor pela implantação da genuína palavra de Deus em todo mundo. Chega de falácia, chega de visão humana e estratégias falsas.

Vem aí o Espírito de Deus para limpar sua igreja, restaurar seu altar, derramar sua glória e avivar seu povo.

Vem o Espírito de Deus dos quatro cantos da terra, para derrubar as torres humanas e os expoentes humanos. A glória e a soberba humana chegou aos céus do Senhor com seu fedor repugnante e incomodou o Altíssimo, o Santo de Israel. O Leão da Tribo de Judá se levanta do trono para executar julgamento.

O anjo do Senhor descerá com a fúria da limpeza de Deus para remover tudo que é engano na igreja e estabelecer tudo que é verdade na IGREJA DE JESUS CRISTO. Jesus é o filho do Deus vivo, que veio em carne, morreu na cruz e ressuscitou no terceiro dia, subiu aos céus, sentou à destra de Deus Pai e reina em glória e majestade eternamente. Jesus é, sempre foi e sempre será. Ele é o princípio e o fim.

A verdade será restabelecida, pois esta é a igreja dos últimos dias, diz o Senhor Deus. Amém.

Nenhum comentário:

Postar um comentário